Como refrescar a casa no verão.

Com o verão se aproximando, surge a preocupação com as altas temperaturas. Por isso, preparei algumas dicas, que apresentei no programa "É de Casa" da TV Globo, sábado, dia 05/12/2015.

Para quem perdeu, segue o link ( clique aqui ) e as dicas abaixo!



1-Pisos e Paredes


No verão, principalmente em lugares muito quentes, evite o uso de tapetes e carpetes. Prefira sempre pisos frios, como cerâmicas, porcelanatos, pedras, como o Granito, Mármores, São Tomé e pisos em cimento.


O porcelanato vem sendo bastante usado, os preços variam muito. Há opções bastante econômicas e outras nem tanto. Além disso, a diversidade é enorme o que pode agradar a todos. Existem lisos, foscos, com brilho, os que imitam outros materiais como mármores, cimento e até madeira. A espessura convencional dos porcelanatos é de 10, 12mm. Mas existe no mercado os “extra-finos” com espessuras que variam de 4 a 8mm. Estes pisos são mais leves que os convencionais e podem ser aplicados diretamente sobre outro piso frio, desde que a superfície esteja completamente lisa. Não pode ser aplicado sobre pisos em madeira ou pisos flutuantes.


Porcelanato estilo "madeira"

Porcelanato tradicional (fosco ou polido)

Porcelanato estilo "mármore" (fosco ou polido)

Porcelanato estilo concreto

Os revestimentos frios também podem ser usados em paredes, com restrições, para que a casa não fique parecendo um açougue ou com cara de banheiro ou cozinha. Sugerimos o uso de pedras, como a São Tomé Filetada, revestimentos cimentícios e até mesmo alguns porcelanatos específicos para este uso. O uso deve se restringir a apenas uma das paredes, para que o ambiente não fique pesado.


Parede em Pedra São Tomé Filetada

Parede em Revestimento Cimentício

Parede em Porcelanato

2- Cortinas e Tecidos


Nos meses mais quentes, aconselhamos a retirada de mantas do sofá, assim como almofadas com capas em tecidos pesados. Se o sofá for em chenille, sued ou camurça, pode-se usar uma capa em algodão, brim ou linho.


Também deve-se ter cuidado na hora de escolher as cortinas. Prefira as persianas convencionais em madeira ou alumínio ou os modelos em tela solar, que podem ser do tipo Romana ou Rolo. Este tipo de tela filtra os raios UVA, permitindo a passagem de luz, mas não do calor. Os blackouts protegem o ambiente do sol, mas não permite que nenhuma claridade entre, portanto devem ser usados apenas nos quartos, pois ao contrário da tela solar, será necessário acender luzes, o que pode além de esquentar, dependendo do tipo de lâmpada, gerar um custo extra de energia.


Prefira sempre cores claras e tecidos finos


Na casa do programa, é usada uma persiana de madeira sob a cortina de voil que é bem leve e pode inclusive ser lavado na máquina. Além disso, o blackout é fundamental para quem não gosta de ser acordado com a luz do sol.


As cortinas romanas deixam passar claridade, mas filtram os raios UV.

Prefira sofás com tecidos e almofadas em tecidos leves como a sarja. Para não acumular calor, sala livre de tapetes no verão.



3- Vegetação e Água


Plantas ajudam a repor umidade ao ambiente. Porém, devem ser usadas com atenção. Plantas muito grandes em ambientes pequenos podem torna-lo abafado.

Outra dica é usar peças de decoração com água, como aquários e fontes, sempre tomando os cuidados com a dengue.

Para umedecer o ar também pode-se recorrer à umidificadores e climatizadores. Bacias com água ou toalhas molhadas são dicas da vovó que funcionam muito bem nos locais mais secos!


Plantas ajudam a manter a umidade do ar, tornando o ambiente menos quente.



4- Telhados e Coberturas


Muito cuidado ao usar claraboias. São lindas e fonte de iluminação natural, porém, se usadas em locais com muita incidência solar, transforma o lugar em uma estufa. Tenha sempre o cuidado de usar claraboia junto com ventilação natural, preferencialmente cruzada.


Em locais muito quentes, principalmente casas com pés-direito baixos, pode-se recorrer à tintas térmicas para telhas que retém até 90% do calor através de uma camada de proteção. Também existem similares para fachadas que reduz bastante o calor. Indica-se principalmente para fachadas Norte onde há incidência constante de sol.



5- Iluminação


Trocar lâmpadas convencionais por Leds é uma ótima forma de se economizar energia. Além disso as lâmpadas incandescentes esquentam e as leds não. Como não emitem radiação UV as lâmpadas Leds evitam danos à pele, objetos e móveis e contribuem na preservação da camada de ozônio.


As lâmpadas Leds inicialmente custam mais caro, porém, comparando-as com as incandescentes, e até mesmo fluorescentes teremos uma economia enorme no final do mês. Se levarmos em conta um consumo de 10hs por dia durante um mês de cada uma destas lâmpadas, a incandescente terá gastado em torno de R$9,00 ao mês, a fluorescente R$2,25 e a Led R$1,20! Isto representa quase 90% de economia comparada à incandescente. Além disso a vida útil é quase 10 vezes maior que a oura.


Rasgos de luz com lâmpadas fluorescentes e spots embutidos com lâmpadas led, deixam o ambiente iluminado, bonito e menos quente do que lâmpadas convencionais.



5- Ventilação e Ar Condicionado


Sem dúvida, o ar condicionado continua sendo o melhor aliado nas altas temperaturas. Mas para que não haja desperdício de energia, deve-se tomar cuidado na hora da instalção. Como ar quente sobe e o frio desce, quanto mais alto for instalado o aparelho, melhor será o aproveitamento, pois desta forma o ar frio se espalha por todo o ambiente, permitindo que o termostato trabalhe da forma correta, desarmando o aparelho quando atingir a temperatura desejada. Além disso, o aparelho nunca deve ser instalado de frente para a cama ou sofá. A melhor posição é acima deles para que o vento não fique em cima da pessoa.


No verão, os ventiladores de teto devem ser ajustados no sentido anti-horário, numa velocidade mais alta. Assim o ar é distribuído de maneira mais uniforme gerando uma brisa refrescante e não um vento forte e quente se estivesse no outro sentido.


Além de mais econômico, preferir o ventilador faz bem ao ambiente, já que o ar condicionado potencializa a destruição da camada e ozônio.



O ar condicionado deve ser instalado sempre no alto e nunca de frente para camas ou sofás.

Espero que aproveitem as dicas e tenham um ótimo verão!

Até o próximo post!

Fernanda Medeiros.

Agradecimentos:

Portobello Shop Copacabana

Brillia Led


Featured Posts
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon